• 15 99141.6999 • 15 3238.1151
  • imprensa@periclesregis.com.br

Péricles Régis questiona Executivo sobre impressão de currículos em unidades municipais

Péricles Régis questiona Executivo sobre impressão de currículos em unidades municipais

Vanessa Dourado Tobias, de 19 anos, e Jonas Tobias, 31, estão desempregados. Ele é soldador e busca uma recolocação no mercado de trabalho há um ano; ela quer encontrar o primeiro emprego. As dificuldades financeiras influenciam diretamente a tentativa de encontrar trabalho. A condição básica da busca é ter um currículo, mas sem impressora em casa, o custo da impressão se torna mais um obstáculo para o casal. “Temos mandado por e-mail, mas recebemos apenas mensagem automática ou nem temos resposta. Enquanto que pessoalmente, é mais fácil de conseguir uma entrevista na hora, e conseguir se apresentar aos contratadores”, relata Vanessa.
 
Os dois moram na Vila João Romão. Com aproximadamente cinco minutos de caminhada, conseguem chegar à escola estadual “Professora Ida Yolanda Lanzoni de Barros”, na Vila Sabiá, onde está construída – embora não funcione mais – uma unidade do Sabe Tudo. Eram 32 espalhadas pela cidade, que até pouco mais de um ano, ofereciam a impressão de dez cópias mensais do currículo para os cidadãos cadastrados no sistema.
 
A Câmara Municipal aprovou um requerimento do vereador Péricles Régis (PMDB) que questiona a Prefeitura sobre a possibilidade de voltar a oferecer o serviço. “Muitas pessoas procuram os gabinetes dos vereadores para imprimir currículo. Porém, o recurso oferecido pela Câmara é exclusivo para a utilização no trabalho legislativo, e não para impressões ao cidadão. Só que o poder público não pode fechar os olhos a essa necessidade da população”, explica o vereador.
 
O documento encaminhado ao Executivo procura saber se está no planejamento a possibilidade de o serviço ser disponibilizado em alguma unidade da Prefeitura, e se existe um cronograma para a implantação. “Neste momento de instabilidade econômica e aumento do desemprego, oferecer o mínimo de ferramentas para quem busca uma colocação no mercado é um ato simples para o poder público, e de muita importância para quem precisa”, afirma Péricles.

Comentários

Comentários

Assessoria Péricles Régis