• 15 99141.6999 • 15 3238.1151
  • imprensa@periclesregis.com.br

Surto de Sarampo: Farmácias podem vender e aplicar vacinas

Surto de Sarampo: Farmácias podem vender e aplicar vacinas

O sarampo voltou a assombrar a população e colocou Sorocaba na listagem divulgada pelo Ministério da Saúde entre os 39 municípios que se encontram em estado de alerta contra a doença. Febre acompanhada de tosse persistente, irritação ocular, coriza e manchas avermelhadas são alguns dos sintomas da enfermidade que em estágios mais graves pode levar à pneumonia e até à morte. Por isso, a imunização é importante e recomendada. Devido ao surto, porém, Unidades Básicas de Saúde da cidade chegaram a registrar a falta de doses, assim como clínicas particulares.

Atuando como um braço nessa rede de proteção à saúde as farmácias e drogarias podem ser uma opção ao consumidor. Elas são autorizadas à aplicação de medicamentos injetáveis e vacinas, sob responsabilidade técnica do farmacêutico. A lei de autoria do vereador Péricles Régis (MDB) é parte da legislação 11.645, de dezembro de 2017, que regulamenta os serviços e procedimentos farmacêuticos permitidos em farmácias e em drogarias no âmbito Municipal. “Essa é uma opção importante à população que deve reconhecer as farmácias como alternativa nesses momentos de alta procura. As unidades que quiserem comercializar as vacinas são autorizadas por lei e podem ser identificadas pelos consumidores como fonte segura de saúde”, diz Péricles.

O tema foi inclusive reportagem no portal G1 Sorocaba e Região. É possível acessar o conteúdo completo aqui.

“O município tem que prover a imunização para as categorias indicadas pelo Ministério da Saúde, mas àqueles que não estão cobertos pela vacinação gratuita e têm interesse em se prevenir é importante que tenham essa informação”, pontua Péricles que completa: “Por isso, se você se faz parte desse grupo procure sua farmácia de confiança e questione sobre essa possibilidade. Alguns farmacêuticos desconhecem essa permissão e é interessante que tanto esses comerciantes como a população tenham um maior leque de oportunidades”.

Aos interessados nessa e outras disposições relacionado aos serviços das farmácias é possível ver a lei completa no site da Câmara Municipal.

Comentários

Comentários

Assessoria Péricles Régis